Arabic arDanish daGerman deGreek elEnglish enSpanish esEtonian etFinnish fiFrench frHindi hiCroat hrIndonesian idItalian itHebrew iwJapanese jaKorean koLithuanian ltLatvian lvMalay msDutch nlNorwegian noPolish plPortuguese ptRomanian roRussian ruSlovak skSwedish svSwahili swThai thFilipino tlTurkish trVietnamese vi

[24] Ações Decorrentes do Diagnóstico de Uma Doença Ou Dano Relacionado Ao Trabalho




2.4 AÇÕES DECORRENTES DO DIAGNÓSTICO DE UMA DOENÇA OU DANO RELACIONADO AO TRABALHO
Uma vez estabelecida a relação causal ou nexo entre a doença e o trabalho desempenhado pelo trabalhador,
o profissional ou a equipe responsável pelo atendimento deverá assegurar:
- a orientação ao trabalhador e a seus familiares, quanto ao seu problema de saúde e os encaminhamentos
necessários para a recuperação da saúde e melhoria da qualidade de vida;
- afastamento do trabalho ou da exposição ocupacional, caso a permanência do trabalhador represente
um fator de agravamento do quadro ou retarde sua melhora, ou naqueles nos quais as limitações
funcionais impeçam o trabalho;
- o estabelecimento da terapêutica adequada, incluindo os procedimentos de reabilitação;
- solicitação à empresa da emissão da CAT para o INSS, responsabilizando-se pelo preenchimento do
Laudo de Exame Médico (LEM). Essa providência se aplica apenas aos trabalhadores empregados e
segurados pelo SAT/INSS. No caso de funcionários públicos, por exemplo, devem ser obedecidas as
normas específicas (ver capítulo 5);
- notificação à autoridade sanitária, por meio dos instrumentos específicos, de acordo com a legislação
da saúde, estadual e municipal, viabilizando os procedimentos da vigilância em saúde. Também deve
ser comunicado à DRT/MTE e ao sindicato da categoria a que o trabalhador pertence.
A decisão quanto ao afastamento do trabalho é difícil, exigindo que inúmeras variáveis de caráter médico e
social sejam consideradas:
- os casos com incapacidade total e/ou temporária devem ser afastados do trabalho até melhora clínica,
ou mudança da função e afastamento da situação de risco;
- no caso do trabalhador ser mantido em atividade, devem ser identificadas as alternativas compatíveis com
as limitações do paciente e consideradas sem risco de interferência na evolução de seu quadro de saúde;
- quando o dano apresentado é pequeno, ou existem atividades compatíveis com as limitações do paciente
e consideradas sem risco de agravamento de seu quadro de saúde, ele pode ser remanejado para
outra atividade, em tempo parcial ou total, de acordo com seu estado de saúde;
- quando houver necessidade de afastar o paciente do trabalho e/ou de sua atividade habitual, o médico
deve emitir relatório justificando as razões do afastamento, encaminhando-o ao médico da empresa,
ou ao responsável pelo PCMSO. Se houver indícios de exposição de outros trabalhadores, o fato
deverá ser comunicado à empresa e solicitadas providências corretivas.
Atenção especial deve ser dada à decisão quanto ao retorno ao trabalho.
É importante avaliar se a empresa ou a instituição oferece programa de retorno ao trabalho,
com oferta de atividades compatíveis com a formação e a função do trabalhador,
que respeite suas eventuais limitações em relação ao estágio pré-lesão e prepare colegas e
chefias para apoiar o trabalhador na nova situação, alargando a concepção de capacidade para o trabalho adotada na
empresa, de modo a evitar a exclusão do trabalhador no seu local de trabalho.
Considerando o caráter de construção da Área de Saúde do Trabalhador, é importante que os profissionais
dos serviços de saúde estejam imbuídos da responsabilidade de produção e divulgação do conhecimento acumulado.



Doenças do trabalho

[23] Quadro 5 - Exemplo de Roteiro Para Anamnese Ocupacional[25] Saúde - Controle dos Fatores de Risco e Para a Melhoria dos Ambientes e Condições de Trabalho
Doenças Relacionadas Ao Trabalho
01 Apresentação do Ministro José Serra
02 Doenças Relacionadas Ao Trabalho - Introdução
03 O Papel dos Profissionais de Saúde Na Atenção à Saúde dos Trabalhadores
15 Grupos das Doenças Relacionadas de Acordo Com a Classificação Proposta Por Schilling
20 Saúde - Relação Etiológica Ou Nexo Causal Entre Doença e Trabalho
21 Quadro 4 - Etapas da Investigação de Nexo Causal Entre Doença e Trabalho
22 Estabelecimento da Relação da Doença Com o Trabalho
23 Quadro 5 - Exemplo de Roteiro Para Anamnese Ocupacional
24 Ações Decorrentes do Diagnóstico de Uma Doença Ou Dano Relacionado Ao Trabalho
25 Saúde - Controle dos Fatores de Risco e Para a Melhoria dos Ambientes e Condições de Trabalho
26 Saúde - Para Reconhecer As Condições de Risco
27 Quadro 6 - Exemplos de Agentes Químicos de Risco Para a Saúde dos Trabalhadores
28 Riscos de Saúde - Vapores de Solventes
29 Quadro 7 - Exemplos de Formação Acidental de Agentes Químicosdoenças Relacionadas Ao Trabalho
30 Saúde - Risco da Falta de Oxigênio
45 Quadro 11 - Dados e Indicadores de Saúde do Trabalhador Na Atenção Básica
60 Doenças Infecciosas e Parasitárias Relacionadas Ao Trabalho
75 Carbúnculo Antraz - Tratamento e Outras Condutas
90 Tétano - Epidemiologia e Fatores de Risco
105 Febre Amarela - Definição da Doença
120 Imunodeficiência Humana Hiv Aids - Prevenção da Doença
135 Candidíase - Prevenção da Doença
150 Leishmaniose - Prevenção da Doença
165 Neoplasia Maligna do Estômago - Prevenção da Doença
180 Neoplasia Maligna da Cavidade Nasal - Quadro Clínico e Diagnóstico
195 Neoplasia Maligna dos Ossos e Cartilagens - Definição da Doença
210 A Proibição do Asbesto Amianto No Brasil
225 Quadro 15 - Valores de Referência de Hematologia Em Adultos Normais
240 Anemia Hemolítica Adquirida - Definição da Doença
255 Púrpura, Trombocitopenia - Epidemiologia e Fatores de Risco
270 Metahemoglobinemia - Definição da Doença
285 Porfirias - Quadro Clínico e Diagnóstico
300 Delirium - Quadro Clínico e Diagnóstico
315 Transtorno Mental Orgânico Ou Sintomático - Quadro Clínico e Diagnóstico
330 Estresse Pós-traumático - Definição da Doença
345 Transtornos Neuróticos Neurose Profissional - Prevenção da Doença
360 Ataxia Cerebelosa - Definição da Doença
375 Outras Formas de Tremor - Tratamento de Saúde
390 Transtornos do Nervo Trigêmeo - Tratamento de Saúde
405 Síndrome do Túnel do Carpo
420 Polineuropatia Induzida - Tratamento de Saúde
435 Conjuntivite - Epidemiologia e Fatores de Risco
450 Catarata - Quadro Clínico e Diagnóstico
465 Distúrbios Visuais Subjetivos - Quadro Clínico e Diagnóstico
480 Perfuração da Membrana do Tímpano - Tratamento de Saúde
495 Perda da Audição Provocada Pelo Ruído e Trauma Acústico - Prevenção da Doença
510 Sinusite Barotraumática - Definição da Doença
525 Hipertensão Arterial - Quadro Clínico e Diagnóstico
540 Infarto Agudo do Miocárdio - Prevenção da Doença
555 Parada Cardíaca - Tratamento de Saúde
570 Aterosclerose - Prevenção da Doença
585 Quadro 22 - Sistema de Graduação da Disfunção Respiratória
600 Rinite Alérgica - Quadro Clínico e Diagnóstico
615 Ulceração Ou Necrose do Septo Nasal - Quadro Clínico e Diagnóstico
630 Pneumoconiose - Epidemiologia e Fatores de Risco
645 Doença das Vias Aéreas Devida a Poeiras Orgânicas - Definição da Doença
660 Derrame Pleural - Definição da Doença
675 Doenças do Sistema Digestivo
690 Gengivite Crônica - Tratamento de Saúde
705 Intoxicações Alimentares Ingestão de Crustáceos Mariscos, Mexilhões
720 Idiossincrasia Pode Levar à Lesão Hepática
735 Quadro 24 - Indicadores Ou Parâmetros Para Estagiamento de Deficiência Ou Disfunção Provocada Por Dermatoses
750 Dermatites de Contato Por Irritantes - Epidemiologia e Fatores de Risco
765 Queimadura Solar - Tratamento de Saúde
780 Acne - Tratamento de Saúde
795 Porfiria Cutânea Tardia - Tratamento de Saúde
810 A Contribuição da Análise Ergonômica do Trabalho
825 Quadro 29 - Fluxograma de Decisões Médico- Administrativas e de Condutas Em Casos de Ler/dort
840 Síndrome Cervicobraquial - Prevenção da Doença
855 Transtornos dos Tecidos Moles Relacionados Com o Uso - Epidemiologia e Fatores de Risco
870 Fatores de Risco de Natureza Ocupacional Conhecidos - Epidemiologia e Fatores de Risco
885 Osteomalacia do Adulto Induzida Por Drogas - Quadro Clínico e Diagnóstico
900 Osteonecrose No Mal dos Caixões - Quadro Clínico e Diagnóstico
915 Doença Glomerular Crônica - Epidemiologia e Fatores de Risco
930 Cistite Aguda - Descrução e Fatores de Risco de Natureza Ocupacional Conhecidos
945 Agentes Patogênicos - Anidrido Sulfuroso
960 Agentes Patogênicos - Cádmio Ou Seus Compostos
975 Agentes Patogênicos - Cloropreno
990 Agentes Patogênicos - Hexaclorobenzeno
1005 Agentes Patogênicos - Sílica Livre
1015 Vocabulário
1016 Fonte Desse Trabalho

comentários:


Postar um comentário

Deixe o seu comentário





* necessário